connect to our social networks:

Blog

5 excelentes Festas Juninas que você deveria ir // 5 amazing Feasts of Saint John that you should go

Em junho é celebrada a Festa Junina – uma festa que se dá em torno de uma fogueira com brincadeiras, comidas típicas, a dança da quadrilha ao som de músicas folclóricas tradicionais, etc. A tradição tem origem pagã, mas ao longo do tempo associou-se fortemente aos santos católicos, especialmente São João, São Pedro E Santo Antônio. Por mais que seja celebrada por todo o país, no nordeste as festas estão realmente nem sua essência e força.
Algumas são:
1 – Bumba-Meu-Boi, São Luís (Maranhão): Uma festa muito tradicional que tem sua origem no século 18 começa dia 13 e só termina no dia 30 – dia de São Marcial. Diversos grupos folclóricos de todo o estado se reúnem para contar a história da escrava Catirina, seu marido e a odisseia dos dois para ressuscitarem um touro que mataram.
2 – Mossoró (Rio Grande do Norte): Com diversas atrações musicais num estilo similar ao Carnaval, a festança começa no dia 4 de junho até o dia 26. Habitantes locais também reencenam quando expulsaram Lampião e seu Bando – o mais famoso cangaceiro.
3 – Campina Grande (Paraíba): Conhecida como “A Maior Festa Junina do Mundo” e sua duração ser o mês inteiro, tem as tradicionais quadrilhas, tocadores de sanfona e diversos artistas famosos, como Elba e Zé Ramalho. Lá também acontece o curioso casamento coletivo, quando dezenas de casais dizem o tão esperado “Eu Aceito” em meio ao Forró e culinária típica.
4 – Caruaru (Pernambuco): Muito famosa por suas decorações coloridas da palhoça e pelo Forró Pé de Serra, a cidade recebe milhares de turistas e músicos famosos são atrações na festa.
5 – Salvador (Bahia): Por mais que a capital da Bahia, Salvador, seja o local principal das comemorações, outros 100 municípios contam com diversos shows e celebrações para a Festa de São João. Em Salvador, há a tradição por parte de artistas locais decorarem a cidade com intervenções artísticas. Pratos locais como beiju, mungunzá e aluá são shows a parte!

In June, the Brazilians celebrate the June Fest – a party conducted around a bonfire with games, typical food, the square dance to traditional folk music, etc. The tradition has a pagan origin, but through the years it has become extremely attached to Catholics saints, specially Saint John, Saint Peter and Saint Anthony. While it is celebrated throughout the entire country, in the northeast the parties are in its essence and force truly.
Some of them are:
1 – Bumba-Meu-Boi, Sao Luis (Maranhao): A very traditional party that can be traced back to the 18th century, it starts on the 13th and ends on the 30th – the feast of Saint Martial. Many folk groups from all over the state come together to tell the story of the slave Catirina, her husband and their odyssey to resuscitate a bull they killed together.
2 – Mossoro (Rio Grande do Norte): With many musical attractions in a style that is reminiscent of Carnaval, the feast goes from 4th of June till the 26th. The locals also reenact the famous episode of when the population of the city expulsed the Lampião and his Gang – the most famous Cangaceiro (a robber in the style of Robin Hood)
3 – Campina Grande (Paraiba): Known as “The Biggest Feast of June In The World” and for its duration of the entire month, has the traditional square dances, accordion players and famous folk artists playing there. It also happens there the curious collective marriage, where dozens of couples say “I Do” amidst the Forró music and local cuisine.
4 – Caruaru (Pernambuco): Very famous for its colorful decorations and the rhythm “Forró Pé de Serra”, the city receives thousands of tourists and famous artists are expected to play there.
5 – Salvador (Bahia): While the capital of Bahia, Salvador, is the central spot in the commemorations, another 100 counties have a variety of shows and typical celebrations for the Feast of Saint John. In Salvador, there is a tradition of adorning the city with artistic interventions by local artists. The local dishes like beiju, mungunzá and aluá are a great part of the experience too.

Fonte: Guia do Turista e Momondo

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+